Dicas contra a depressão e a ansiedade (alimentos e atividades)

Publicado em: 18/04/2019

A depressão e a ansiedade são doenças que podem se tornar muito graves se não tratadas rapidamente e corretamente. Um especialista deve ser, sempre, consultado para auxiliar o depressivo no tratamento. Aliada a isso, a alimentação e bons hábitos podem trazer qualidade de vida ao paciente.

Hábitos saudáveis são pilares para uma boa saúde, não importa o tipo de doença, eles podem prevenir ou tratar. Exercícios físicos regulares, Yoga, diminuição de fatores estressantes, banhos frios, meditação, uma boa alimentação, entre outras ações, podem ajudar muito na recuperação, tudo isso aliado ao tratamento médico.

Doenças como depressão e ansiedade podem ocorrer por motivos diversos, desde problemas emocionais até relacionados com a química cerebral. Para a questão emocional, a coisa é mais difícil de evitar, pois são casos de separação, óbitos, problemas na família e no trabalho. Mas independente da origem, o tratamento pode ser muito eficiente; os hábitos, cruciais.

Confira também: 5 livros para quem está com depressão e ansiedade.

O açúcar piora a depressão?

O açúcar é um dos principais nutrientes que contribuem para o processo inflamatório do organismo e isso inclui o cérebro, obviamente. O órgão mais complexo do corpo humano, onde ainda se escondem muitos mistérios que a neurociência tenta descobrir. É lá onde pensamentos, hormônios e nutrientes diversos reagem 24h por dia.

Pesquisas mostram que a inflamação no cérebro é até 30% maior em pessoas com depressão. Comendo açúcar, alimentos adoçados, há um pico de glicose e a insulina é liberada no sangue, isso faz a taxa glicêmica cair muito rápido. Esses picos fazem aumentar a inflamação cerebral, elevando a chance de depressão e de mudanças rápidas de humor.

Alimentos contra a depressão e a ansiedade

frutas diversas. Alimentos contra a depressão e a ansiedade

Os alimentos que pode ser consumidos para combater a depressão e a ansiedade são ricos em: fibras, vitamina C, vitaminas do complexo B, magnésio, cálcio, ômega 3 e triptofano. [suplemento de triptofano]

  • carne vermelha;
  • peixes;
  • frango;
  • frutos do mar;
  • ovos (principalmente os caipiras);
  • castanhas;
  • amendoim;
  • ervilha;
  • grão-de-bico;
  • abacate;
  • couve-flor;
  • banana (ótimo aliado contra o mau humor);
  • chocolate amargo (de 80% para cima);
  • couve, brócolis e folhas bem verdes (fontes de cálcio);
  • amêndoas;
  • sementes de abóbora;
  • espinafre;
  • fígado;
  • ameixas;
  • melancia;
  • acerola;
  • goiaba;
  • abacaxi;
  • laranja;
  • limão;
  • amora;
  • framboesa;
  • iogurte natural;
  • kefir;
  • aveia;
  • chia;
  • linhaça.

Estes são os principais alimentos que você pode integrar em sua dieta, não tem desculpas, pelo menos 10 deles você pode distribuir nas refeições do dia e variar sempre que desejar. Buscar vídeos com mais dicas sobre alimentação.

Se você quiser uma nutrição mais forte, pode incluir algum suplemento. Hoje em dia, os vegetais e ovos possuem muito baixa qualidade e concentração de nutrientes, suplementação é quase que obrigatório. A não ser que os alimentos sejam orgânicos e de procedência confiável. Consulte um nutricionista para avaliar a necessidade antes de comprar.

Alimentos que pioram a depressão

Se existem alimentos que ajudam no combate à depressão, existem também os que atrapalham. O que deve ser levado em conta é a saúde do intestino. O mau funcionamento dele pode influenciar negativamente no humor. As bactérias do intestino produzem e armazenam boa parte da serotonina do nosso corpo, consumir kefir ou iogurte natural ajuda no processo.

Assim como outras doenças, a depressão e a ansiedade são atingidas por nossos hábitos alimentares. Basicamente, os mesmos alimentos são os vilões das diversas enfermidades que podemos ter. Você já deve imaginar a maioria deles, então confira na lista abaixo:

  • frituras;
  • bebidas alcoólicas;
  • refrigerantes;
  • fast food;
  • sorvetes;
  • sucos prontos de caixinhas ou garrafas;
  • excesso de massas (pão, macarrão, pizza, bolo, salgados à base de farinha de trigo);
  • glúten (cevada, centeio e alimentos feitos com farinha de trigo);
  • guloseimas (balas, salgadinhos, pirulitos, pastilhas, chicletes, etc);
  • alimentos com muito açúcar e gordura.

Você não precisa abolir todos esses alimentos de uma vez, mas reduzir muito o consumo para dar espaço aos mais saudáveis.

Atividades para tratar a depressão

Além da alimentação, quem está com depressão ou outros transtornos psicológicos precisa fazer terapias simples, ações que melhoram a química cerebral e corporal, a prática de atividades, como Yoga, musculação, meditação, esportes de qualquer natureza, passeios, conversar com outras pessoas. Confira vídeos com mais dicas.

A acupuntura tem demonstrado eficácia contra a depressão, é uma alternativa interessante para quem confia na medicina tradicional chinesa. A biomassa de banana verde é muito recomendada no tratamento da depressão, você pode ver algumas receitas aqui.

Chás que ajudam no tratamento da depressão

Chá de alecrim

  1. Coloque uma xícara de água para ferver.
  2. Ponha o alecrim na xícara (não use copo de plástico) e despeje a água quente.
  3. Deixe-o em infusão até ficar morninho para ser possível tomá-lo.
  4. Coe se desejar.
  5. Não adoce e não demore muito para tomar o chá.

Chá de camomila

Chá de camomila. depressão , ansiedade
  1. Ferva uma xícara (chá) de água.
  2. Quando a água ferver, desligue o fogo e adicione o sachê ou uma colher (sopa) de folhas secas de Camomila.
  3. Tampe e espere esfriar.
  4. Coe (caso usou as folhas) ou retire o sachê.
  5. Tome a qualquer hora do dia e horas antes de ir dormir (totalizando duas xícaras, mas não guarde o chá, tome-o fresco).

Saiba mais: Chá de Camomila para ansiedade, insônia, cólica e estresse.

Chá de erva de São Jorge

  1. Ferva uma xícara de água.
  2. Coloque uma colher (sobremesa) de erva de São Jorge.
  3. Tampe, espere esfriar e depois coe para beber.
  4. Tome-o dia sim, dia não.

Atenção: Não tome nenhum tipo de chá todos os dias por toda a vida. Tenha moderação e uma folga desse tipo de bebida. Portadores de doenças crônicas e gestantes devem consultar um médico.

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>